Como aumentar o ph da piscina?

Por que é tão importante manter o controle do pH da piscina – o que você precisa saber?

Quem tem e quem cuida de uma piscina provavelmente já deve ter ouvido falar sobre o famoso pH, não é mesmo? Mas, porque é tão importante manter o controle do pH da piscina? Você sabe?

como aumentar o ph da piscinaMuitos motivos ajudam a entender porque o pH é algo tão citado em tudo que permeia os cuidados da piscina e entender as características que ajudam a definir essa sigla pode ser a melhor maneira de estabelecer um melhor tratamento de sua piscina!

De maneira mais generalizada, o pH pode ser definido como a acidez acerca de uma determinada substancia.

No caso de uma piscina, ele se refere basicamente à acidez da água – sendo que a mesma deve ser mantida de maneira adequada para o uso!

O controle do pH da piscina é um fator que exige cuidados e também depende da adoção de alguns critérios básicos, de forma a manter a água adequada para uso!

Quer se inteirar melhor acerca desse assunto e saber como realizar um melhor O controle do pH da piscina?

Então continue acompanhando mais informações no decorrer desse texto e entenda mais sobre esse tema agora mesmo!

Encontre aqui todos os produtos para
controlar o PH:

Kit analise de PH    /    Redutor de PH    /   Elevador de PH

Controle do pH da piscina – entenda o que é pH!

Controle do pH da piscina – entenda o que é pH!A sigla pH quer dizer “Potencial Hidrogeniônico´” – ou seja, é justamente o poder de concentração de íons H+ em determinada substancia, que no caso de uma piscina, se refere à água!

Em suma, trata-se da medição do total de íons de Hidrogênio que ficam dispersos junto à água da piscina, que poderá ajudar a determinar melhor a acidez da mesma e até mesmo se ela está neutra ou alcalina!

E qual é a importância do pH?

O controle do pH da piscina é um fator de grande importância, que jamais deve ser desconsiderado da rotina de sua manutenE qual é a importância do pH?

Isso porque ele não somente ajuda a determinar a qualidade da água como também indica tudo que permeia a durabilidade da piscina e até mesmo de todos os seus equipamentos.

Confira abaixo alguns dos principais motivos que envolvem os motivos d manter o pH da piscina corrigido:

  • Uma piscina que esteja com a sua água mais ácida do que o ideal, ou seja, com pH menor do que 7 poderá comprometer a eficiência dos produtos químicos que venham a ser aplicados nela. Isso porque esses produtos são justamente feitos para serem usados em água com pH entre 72 e 76.
  • Se por ventura o pH da piscina estiver mais baixo do que o ideal, as pessoas que mergulharem na água poderão ter uma série de sintomas incômodos, como ardência nos olhos, ardência na pele e até mesmo mucosas.
  • Ainda sobre o pH baixo, isso também pode comprometer todas as partes metálicas que estejam presentes nos equipamentos da piscina, pois o processo de corrosão poderá ser mais intenso.
  • Em situação onde a água se encontro mais alcalina, produtos próprios para desinfecção da água também não será eficientes. Isso acabará gerando como resultado uma água mais turva e outros problemas.
  • A água também com maior alcalinidade também gera desconforto nas pessoas que entrarem na piscina, podendo também gerar irritação nos olhos, na pele e mucosas.

Diante de tudo isso, para ajudar melhor na sua orientação quanto ao controle do pH da piscina, o mais indicado é que o seu nível ideal seja de 7.2.

Esse é um pH bem próximo do que é encontrado na nossa lágrima, de forma que não provoca qualquer irritação nos olhos de quem ingressa na piscina!

E como você pode alterar o pH da sua piscina? Saiba como fazer essa correção agora mesmo!

O lado positivo é que hoje em dia grande parte das lojas focadas no mercado de piscinas contam com uma grande variedade de produtos que permite medir e ainda corrigir o pH da água!

Para tanto, você pode adquirir um estojo com testes que ainda podem vir com um medidor de cloro e também uma parte para medição do pH.

Você deverá seguir todas as instruções contidas no estojo e assim conseguirá certificar se a água da sua piscina se encontra mais ácida do que o ideal – aí basta aplicar o pH+.

O pH+ tem como ingrediente principal o “carbonato de sódio”, que nada mais é do que um pó de coloração branca que permite elevar o pH da água da piscina, agregando “Íons Carbonato”.

Se por ventura a água da piscina estiver alcalina, será preciso então adicionar o “diminuidor de pH”, que possui em sua composição o “Ácido Muriático”, que ajuda a diminuir o pH e fornece “Íons H+”.

Vale salientar que é sempre indicado manter o pH da água em um nível adequado, pois isso ajudará com que seja mantida uma boa durabilidade da piscina, bem como dos equipamentos!

Essas foram as dicas de como fazer o controle do pH da piscina! Compartilhe agora mesmo esse conteúdo para que outras pessoas conheçam mais sobre esse assunto!

cupom-desconto-blog
2 respostas
    • marol_admin
      marol_admin says:

      Ola Alex, para uma resposta mais precisa, precisamos fazer uma analise completa da água de sua piscina, basta trazer em nossa loja que fazemos essa analise sem custo algum.
      R. Alfredo Pujol, 1594 – Santana – São Paulo – SP – CEP: 02017-013
      Att.
      Marol Piscinas

      Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *